QUINITO HOMENAGEADO ESTA TARDE EM SETÚBAL


Quinito era carismático como jogador e, como treinador não perdeu a sua característica principal. Tal como os treinadores do seu tempo, vivia intensamente e de forma apaixonada a sua profissão. Fã incondicional do futebol atractivo, praticado pelos artistas, deixou de se identificar com o jogo que sempre o apaixonou, devido ao muito músculo envolvido e à pouca qualidade técnica.
Em muitos programas televisivos é recordado por ex. atletas que treinou, como são os casos de Carlos Carvalhal e Nandinho.
Recentemente a Sportv, através do programa Reportv conduzido por Jaime Cravo, transmitiu uma reportagem sobre "o romântico do futebol", que permitiu ser filmado, mas não prestou qualquer declaração.
Em 2009, quando trabalhava como treinador adjunto de José Couceiro na Turquia, no Gaziantespor, Quinito recebeu a notícia do falecimento do filho na altura com 32 anos.
Afastado do futebol, Quinito foi homenageado esta tarde no Forum Luísa Todi pelos amigos da bola e, pela Associação Nacional de Treinadores, durante o fórum de treinadores de futebol/futsal.
Durante o seu discurso, Quinito emocionou todos os presentes.


Discurso de Quinito

"Tenho um grande sentimento de culpa, vivemos o futebol vinte e quatro horas, não vimos crescer os filhos, não ouvi pela primeira vez o meu filho dizer ‘pai’, não vi o meu filho aprender a andar de bicicleta, não vi o meu filho aprender a nadar, não o abraçava todos os dias, passavam-se meses sem que o abraçasse. O futebol saiu-me caro", referiu.
"Não esperava uma coisa destas, vai dar-me força para tentar tirar um pouco a culpa de mim. Pondo na balança alegria e as amizades que fiz no futebol e não ter visto crescer o meu filho, que já não está cá, não sei o que pesa mais. É esta dúvida que me dá cabo da cabeça."

Rui Cardoso

Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.