LIGA NOS - VITÓRIA EM DIA DE REELEIÇÃO NO REINO DO DRAGÃO


Em dia de reeleição de Jorge Nuno Pinto da Costa, que vai liderar os destinos do FC Porto por mais 4 anos, os dragões presentearam os 27 mil adeptos que se deslocaram ao Estádio do Dragão com uma vitória por 4-0 frente ao CD Nacional. Em campo, cinco jogadores portugueses no 11 inicial. Danilo, Rúben Neves, André Silva, Varela e Sérgio Oliveira.
A madrugada goleadora contava 2 minutos, quando Varela de fora da área bateu Rui Silva. Herrera ampliou aos 8 minutos. Isolado pela esquerda, o mexicano atirou cruzado sem hipótese para o guardião dos alvinegros madeirenses.
Os dragões limitaram-se a gerir o resultado, baixaram no terreno e permitiram aos insulares dois remates à baliza de Casillas, aos 19 minutos por Aly Ghazal e por Soares aos 24 minutos.
Do primeiro tempo valeram os golos. Na segunda parte houve mais dois momentos de festa azul e branca e, o brilho de Rui Silva na baliza do Nacional. Danilo apontou o terceiro aos 67 minutos e, aos 86 minutos Aboubakar fixou o resultado final em 4-0, com um toque subtil sobre o guardião insular.
90 minutos imaculados ao nível da disciplina, Vitória de "pré época" para o FC Porto, em preparação para a final da Taça de Portugal.

Melhor em Campo

Rui Silva

Apesar de ter sofrido quatro golos, dos quais está isento de culpas, as duas mãos são insuficientes para contabilizar o numero de excelentes intervenções que realizou.


Defesa da Noite

Rui Silva

Aos 82 minutos levou a melhor no cara a cara com Herrera. Quando o capitão do FC Porto se preparava para festejar, Rui Silva negou com a mão esquerda o bis ao médio portista. Mancha fantástica dentro da pequena área.

Imprensa

José Peseiro

"Fomos consistentes e, foi a consistência que determinou o resultado final".

"Só nos podemos queixar de nós próprios nos últimos jogos".

"O guarda redes do Nacional foi o melhor em campo".

"Os jogadores da equipa B tem treinado connosco, tem qualidade para jogar na equipa principal e, quando eu entender que os devo lançar assim o farei".

"Estamos contentes com o desempenho de todos".

"A vitória é justa".


Manuel Machado

"Os 10 minutos iniciais foram determinantes para o desfecho do encontro".

"O resultado não sofre qualquer contestação".

"Parabéns ao FC Porto".


Ficha de Jogo

Domingo, 17 de Abril de 2016

Estádio do Dragão, Cidade do Porto

Liga NOS 2015/16

30ª Jornada

Equipa de arbitragem

Árbitro Luís Ferreira AF Braga
Assistente 1 Nuno Manso
Assistente 2 Alfredo Braga
4º Árbitro Daniel Cardoso

FC Porto 4-0 CD Nacional

Golos

Varela 2 minutos
Herrera 8 minutos
Danilo 67 minutos
Aboubakar 84 minutos

Constituição das equipas

FC Porto

12 Casillas
2 Maxi
3 Martins Indi
6 Rúben Neves
7 Varela
13 Sérgio Oliveira
14 Ángel
16 Herrera (C)
17 Corona
19 André Silva
22 Danilo

Suplentes

1 Helton
9 Aboubakar - entrou aos 75 minutos a substituir André Silva
11 Marega - entrou aos 85 minutos a substituir Varela
21 Layún
39 Suk
48 Francisco Ramos - entrou aos 81 minutos a substituir Sérgio Oliveira
63 Chidozie

Treinador

José Peseiro

CD Nacional

12 Rui Silva
2 João Aurélio (C)
5 Sequeira
6 Aly Ghazal
7 Salvador Agra
8 Nenê
18 Soares
31 Hichem
33 Rui Correia
81 Witi
89 Washington

Suplentes

1 Gottardi
17 Boubacar
22 Campos - entrou aos 61 minutos a substituir Witi
27 Ricardo - entrou aos 71 minutos a substituir Salvador Agra
30 Luís Aurélio - entrou ao intervalo a substituir Aly Ghazal
34 Miguel Rodrigues
91 Rodrigo

Treinador

Manuel Machado



Rui Cardoso
Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.