TAÇA BRALI - BARROSAS LEVA TROFÉU PARA IDÃES E REGRESSA À TAÇA DE PORTUGAL


Mata Real Paços de Ferreira, moldura humana de fazer inveja a muitos jogos dos escalões profissionais.
Os Vizinhos Barrosas e Raimonda, mobilizaram as suas gentes que tiveram um comportamento exemplar. 5000 mil espectadores na final da Taça Brali. Futebol popular, futebol paixão, com emoção até ao fim e lotaria a decidir o vencedor.
Melhor no primeiro tempo, o Barrosas teve tudo para se adiantar no marcador logo ao minuto 1 devido a um apito que soou da bancada e, colocou os jogadores de ambas as equipas em sentido. Vítor Pinto rematou por cima. Pedrinho encheu o campo e, ao quarto de hora, isolado perante Vítor desperdiçou mais uma excelente oportunidade para o Barrosas, que teve no capitão Vítor Pinto o seu pulmão, incansável, tentou de fora da área surpreender o guardião de Raimonda, que mais uma vez segurou a bola tranquilamente, antes de permitir a Joca o golo inaugural da partida aos 20 minutos.
A espaços, a dupla Maomé e Nogueira ia conseguindo entrar na defensiva do Barrosas, sem perigo para as redes de Carlos, que foi espectador em campo nos primeiros 45 minutos.
O domínio da partida virou na etapa complementar, o Raimonda remeteu os homens de Idães ao seu meio campo e, depois de Maomé, Nogueira e Chiclas tentarem, o defesa central Pedro colocou justiça no marcador, ao fazer de cabeça aos 90+3 minutos o tento da igualdade, que levou a decisão do vencedor da taça distrital para as grandes penalidades.
Dos 11 metros só Mantorras falhou. Segui-se a festa azul de Barrosas, que vai participar na Taça de Portugal na próxima época.

Destaques VD

CRPP Barrosas

Vítor Pinto

"Capitão Pulmão". Batalhou muito, correu Km pelo seu flanco. Foi a alma da sua equipa, deu o exemplo.

Pedrinho

Colocou ao serviço da equipa a qualidade do seu futebol. Tecnicamente evoluído, não tem medo de ter a bola. Podia ter coroado a boa exibição com um golo, se tivesse definido melhor na hora da finalização.

Jorge Ferreira

É dos jogadores mais experientes do conjunto de Barrosas, comanda bem a sua linha defensiva, forte no jogo aéreo.

Paulo Silva

Sai a jogar com confiança, tem potencial para alinhar noutros campeonatos.

Rui Moreira

É o craque da camisola 10 no Barrosas. Joga e faz jogar, boa visão jogo. Pela zona central ou a partir dos flancos coloca magia no jogo.

Joca

Marcou o golo do Barrosas. Teve lances individuais interessantes a fugir bem à dura marcação dos seus adversários.



CCR Raimonda

Maomé

Pela direita, pela esquerda, pelo centro. Não é um vagabundo do ataque é, um avançado de uma disponibilidade física impressionante e boa mobilidade. Domina bem a bola e não tem medo de arriscar, seja para rematar à baliza, seja para enfrentar os adversários.

Nogueira

Numero nove mas só na camisola. Avançado móvel, deu muito trabalho aos defensores de Barrosas, não se rende à batalha e, por uma vez ficou perto do golo.

Pedro

O miúdo jogou como gente grande. Defesa central, tranquilo, sai a jogar com facilidade, bom posicionamento e leitura de jogo.
Com um bom cabeceamento empatou o jogo aos 90+3 minutos.

Rui Nunes

O capitão de Raimonda é esclarecido, se joga joga, se tem de combater combate. Impôs respeito, manteve a sua equipa equilibrada.

Vítor

Brilhou frente ao clube que representou nos escalões de formação. Apesar de no lance do golo do Barrosas não ter estado muito bem, teve intervenções de grande qualidade que evitaram outro resultado.

André

Cumpriu bem a sua função. Atacou pela certa e, pela certa disputou os duelos individuais. Viu um cartão amarelo na primeira parte, mesmo assim não acusou a pressão. Lateral de boa qualidade técnica.


Imprensa


Filipe Teixeira - Treinador do CRPP Barrosas

"Fizemos história no clube, cumprimos com a nossa obrigação, vencer a Taça Brali".

"Vencemos pela nossa massa adepta, é o ponto mais alto da época".


Adelino Moreira - Treinador do CCR Raimonda

"É um orgulho treinar esta equipa, fomos superiores na segunda parte".

"Fizemos um percurso impressionante na Taça Brali".


Declarações

Dr. Lourenço Pinto - Presidente da AF Porto

"Estes clubes dignificaram o futebol português".

"Foi um jogo espectacular, entre dois clubes que apostam na formação".

"Este jogo merecia maior divulgação".

"A AF Porto está grata a estes clubes".

"Hoje foi dia de festa, com duas equipas vizinhas a lutarem pelo acesso à Taça de Portugal".

"Temos clubes desta grandeza que fazem da AF Porto a maior do país".


Ficha de Jogo

Domingo, 29 de Maio de 2016

Estádio Capital do Móvel, Paços de Ferreira

Taça Brali

Final

Equipa de Arbitagem

Árbitro Fábio Melo AF Porto
Assistente 1 Adão Vieira
Assistente 2 Pedro Soares
4ª Árbitra Eduarda Leal

CRPP Barrosas 1-1 CCR Raimonda
5-4 nas grandes penalidades

Golos

Joca 20 minutos
Pedro 90+3 minutos

Grandes penalidades

Joca - golo
Maomé - golo
Rafa - golo
Flávio - golo
Jorge Ferreira - golo
Nogueira - golo
André - golo
Chiclas - golo
Tiago - golo
Mantorras - falhou

Disciplina

CRPP Barrosas

Cartões amarelos

André 27 minutos
Rafa 63 minutos
Pedrinho 79 minutos

CCR Raimonda

Cartões amarelos

Simão 29 minutos
Tonanha 41 minutos
Pedro 60 minutos

Constituição das Equipas

CRPP Barrosas

12 Carlos
21 Vítor Pinto (C)
14 Paulo Silva
22 Jorge Ferreira
17 André
11 Tiago
10 Rui Moreira
4 Pedrinho
23 Raul
6 Luciano
7 Joca

Suplentes

24 Jorge Barbosa
16 Rafa - entrou aos 56 minutos a substituir Raúl
19 Rúben - entrou aos 74 minutos a substituir Rui Nogueira
9 Matos - entrou aos 74 minutos a substituir Luciano

Treinador

Filipe Teixeira

CCR Raimonda

1 Vítor
16 André
33 Tonanha
4 Pedro
11 Benjamin
24 Rui Nunes (C)
9 Nogueira
28 Chiclas
20 Paulo Ricardo
8 Maomé
45 Simão

Suplentes

13 Machado
7 Miguel
77 Xinxen
5 João Pedro - entrou aos 57 minutos a substituir Tonanha
10 Paulinho
22 Flávio - entrou aos 38 minutos a substituir Simão
3 Mantorras - entrou aos 73 minutos a substituir Benjamin

Treinador

Adelino Moreira



Rui Cardoso
Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.