AF PORTO - BOCK TERMINA NA LIXA COMO JOGADOR E NA LIXA INICIA A CARREIRA COMO TREINADOR



Fernando Jorge Tavares de Oliveira, um goleador que seguiu as pisadas do pai Bock, alcunha que cedo herdou do progenitor e, tornou numa das grandes imagens de marca dos escalões secundários do futebol português.
7 épocas de futebol de formação no FC Porto valeram-lhe 632 golos e, a entrada na história dos dragões como o maior goleador de sempre das camadas jovens portistas. Três anos de empréstimo e boas temporadas com as camisolas do FC Maia, Amarante FC e FC Lixa não foram suficientes para na altura merecer a confiança dos dirigentes azuis e brancos. A carreira e o golos continuaram em Freamunde, Trofa, Marco de Canaveses, Ermesinde, Gondomar e, no maior símbolo futebolístico matosinhense, o Leixões SC. Em algumas ocasiões regressou a algumas casas e voltou a ser feliz. Máximo goleador da segunda liga em Vizela e Freamunde e, pouco depois o projecto Ribeirão que abandonou para ingressar no Rebordosa AC.
Aos 40 anos, encerrou uma carreira cheia de golos. O último capítulo da história do miúdo que mostrou no Passarinhos da Ribeira, instituição desportiva da Zona Histórica da Cidade do Porto a qualidade do seu futebol, foi escrito na Lixa com 12 golos em 36 jogos.
É na Lixa que continua ligado ao futebol, agora como treinador, vai orientar os lixenses na edição 2016/17 da Divisão de Elite da AF Porto.

Goleador Bock

3 títulos de campeão da II Divisão Nacional
2 Títulos de campeão nacional de juniores
2 vezes melhor marcador da segunda liga
Melhor marcador da III Divisão Nacional (extinta)
Melhor marcador da II Divisão Nacional (actual Campeonato de Portugal)


Rui Cardoso

Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.