EURO FRANÇA 2016 - PORTUGAL CAMPEÃO DA EUROPA


Domingo, 10 de Julho de 2016, data eternizada pelos desportistas portugueses no Atletismo, futebol e ciclismo.
Triunfos lusitanos de manha à tarde e à noite. Sara Moreira, Patrícia Mamona e, a selecção feminina de atletismo deram o mote nos europeus de Amesterdão, Rui Costa foi segundo classificado na 9ª etapa da Volta à França em bicicleta e, a selecção nacional terminou o dia em beleza para o desporto português, com a conquista do título de campeão da Europa em futebol.
O engenheiro prometeu e cumpriu. Desde o início da preparação para a participação de Portugal no Euro França 16, Fernando Santos disse que só regressava a casa no dia 11 de Julho. Feita a sua vontade.
Pouco crentes, grande parte dos adeptos portugueses desconfiaram do que podiam fazer os 23 de Santos. Desconfiança acentuada na fase de grupos, que Portugal teve a felicidade de passar no terceiro lugar do grupo F com três empates, correspondentes a três pontos. Lá está, três a conta que Deus fez. Grupo F de Fernando e Fé, desde sempre considerado o mais fraco do torneio, que Portugal tinha obrigação de passar em primeiro lugar.
Entramos no "mata-mata", a primeira vítima foi a Croácia nos oitavos com Quaresma a carimbar a passagem aos quartos. Seguiu-se a Polónia, 1-1 no tempo regulamentar e no prolongamento. Nas grandes penalidades valeu Patrício, antes de Ricardo Quaresma garantir o acesso às meias.
A surpresa País de Gales, estreante nas andanças europeias de selecções foi batida em 8 minutos na segunda parte do encontro de acesso à final de Paris, com golos de Cristiano Ronaldo e Nani.
Paris, cidade de amor e sonhos, o sonho grátis de um seleccionador e de um capitão, que terminou com a taça na bagagem.
11 de Julho de 2016 rumo a Lisboa. Palavra dita, palavra escrita, missão cumprida Fernando Santos.

FINAL

Com vontade de resolver as coisas cedo, a França entrou contudo, mas o conjunto português manteve-se compacto e, tentou apanhar os franceses em contra pé. Cristiano Ronaldo esteve 25 minutos em campo, saiu lesionado, tentou voltar ao jogo, mas sem condições para continuar foi substituído por Ricardo Quaresma. Fernando Santos manteve a estratégia, Portugal não quebrou, Rui Patrício brilhou entre os postes e parou as finalizações gaulesas com intervenções magníficas. Na resposta a uma bola no poste da baliza de Rui Patrício Éder ameaçou, Ricardo Quaresma quase marcou de bicicleta, e pouco depois terminaram 90 minutos intensos.
Era tudo ou nada no prolongamento. Portugal viu Guerreiro acertar de livre na trave de Lloris, antes do golodo título, o primeiro para o futebol sénior português, no que à selecção A diz respeito. Didier Deschamps preparava uma alteração, quando Éder, o mal amado dos 23 escolhidos por Fernando Santos suportou a marcação de um adversário, correu, enquadrou-se com a baliza e rematou rasteiro sem hipótese para Lloris. Partiu para o abraço no banco, a alegria era imensa, mas ainda faltavam alguns minutos para a consagração final. Os conquistadores não perderam a concentração e, entraram na história do futebol europeu.
Portugal é o novo campeão da Europa de futebol, Vibraram 11 milhões, e muitos mais espalhados por esse mundo fora, que gostam da heróica lusitana.
O MAIOR É PORTUGAL



Melhor em Campo

Rui Patrício

O guardião português foi um dos esteios da selecção nacional durante o europeu. Na final, travou as tentativas  de golo gaulês com defesas fantásticas. Seguro em todas as intervenções.


Imprensa

Fernando Santos

"É o triunfo da equipa, é o triunfo da realidade, fui sempre honesto com os jogadores".

"Tenho um grupo de jogadores fantásticos, os que cá estão e os que ajudaram na qualificação".

"É um dia especial para todos os portugueses, é uma vitória de Portugal".

"Os emigrantes trataram-nos de uma forma fantástica, o apoio deles enche-nos a alma". 

"Quando lancei o Éder no jogo ele disse-me que ia marcar o golo da vitória".

"O Cristiano tem um espírito de equipa fantástico".

"Agradeço a todos os jogadores por acreditarem que hoje era o nosso dia".

"Dedico este título à minha família e, a todos os meus amigos".

"Portugal e os portugueses são os melhores do mundo".

"Parabéns Portugal".

Cristiano Ronaldo

"É dos momentos mais felizes da minha vida, um momento único".

"Estou muito feliz por concretizar o sonho de conquistar um título para Portugal".

"Portugal já merecia este feito".

"Senti que o Éder ia marcar o golo da vitória".

"Estou muito feliz por todos".

"Obrigado aos portugueses por acreditarem em nós".

"Estamos todos de parabéns".

Rui Patrício

"Lutamos todos para conquistar este troféu, estamos todos de parabéns".

"Este troféu é de todos os portugueses".

"O seleccionador sempre nos disse que queria conquistar o Campeonato da Europa".

"Obrigado a todos os portugueses pelo apoio".

Nani

"Vivemos todas as sensações ao longo deste torneio, mas o foco foi conquistarmos um título para o nosso país".

"A forma como os adeptos portugueses viveram o Europeu foi fundamental para a nossa motivação".

"Somos um só, essa é a nossa mentalidade".

"Disse ao Cristiano que ia dar tudo dentro do campo por todos".

"É uma vitória muito saborosa, mais ainda por ter sido contra o país organizador na sua casa".

"Concretizei o sonho de vencer por Portugal".


Ficha de Jogo

Domingo, 10 de Julho de 2016

Estádio de França, Saint - Denis, Paris, França

Euro 2016

Final

Equipa de Arbitragem

Árbitro Mark Clattenburg ENG
Assistente 1 Simon Beck ENG
Assistente 2 Jake Collin ENG
Árbitros Assistentes Adicionais
Anthony Taylor ENG
Andre Marriner ENG
4º Árbitro Viktor Kassai HUN

Portugal 1-0 França
Após Prolongamento

Golos

Éder 109´

Disciplina

Portugal

Cartões Amarelos

Cédric 34´
João Mário 62´
Raphael Guerreiro 95´
William Carvalho 98´
José Fonte 119´
Rui Patrício 120+3´

França

Cartões Amarelos

Matuidi 97´
Umtiti 80´
Koscielny 107´
Pogba 115´

Constituição das Equipas

Portugal

1 Rui Patrício
21 Cédric
3 Pepe
4 José Fonte
5 Raphael Guerreiro
14 William Carvalho
10 João Mário
16 Renato Sanches
23 Adrien Silva
17 Nani
7 Cristiano Ronaldo (C)

Suplentes

12 Anthony Lopes
22 Eduardo
11 Vieirinha
2 Bruno Alves
6 Ricardo Carvalho
19 Eliseu
13 Danilo
8 João Moutinho - entrou aos 66´a substituir Adrien Silva
15 André Gomes
20 Ricardo Quaresma - entrou aos 25´a substituir Cristiano Ronaldo
9 Éder - entrou aos 79´a substituir Renato Sanches
18 Rafa

Treinador

Fernando Santos

França

1 Lloris (C)
19 Sagna
21 Koscielny
22 Umititi
3 Evra
8 Payet
14 Matuidi
15 Pogba
18 Sissoko
7 Griezmann
9 Giroud

Suplentes

16 Mandanda
23 Costil
2 Jallet
4 Rami
13 Mangala
17 Digne
5 Kanté
12 Schneiderlin
6 Cabaye
20 Coman - entrou aos 58´a substituir Payet
10 Gignac - entrou aos 78´a substituir Giroud
11 Martial - entrou aos 110´a substituir Sissoko

Treinador

Didier Deschamps



Rui Cardoso
Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.