REPORTAGEM VD AFC GANDRA - ALIANÇA DE ELITE


O domínio do futebol distrital de elite AF Porto 2015/16 foi, do Aliança Futebol Clube de Gandra. Cidade de Gandra, Concelho de Paredes, Cidade Universitária que nos últimos anos viu o seu Aliança crescer desportiva e socialmente, no seio de uma comunidade apaixonada por futebol, conviver e bem receber.
Durante algumas épocas com a casa às costas, o sonho do novo recinto desportivo ficou concluído em 2015, mas até à sua consumação, a forte Aliança das direcções que lideraram nos últimos anos o clube fundado a 16 de Agosto de 1946, garantiu 4 subidas de divisão na maior associação de futebol do país. A orientar no banco, Mário Rocha 37 anos, vivente do seu clube e da sua cidade, juntou um título de elite ao que venceu no escalão de escolas. A meta principal era a participação na Taça de Portugal. Cenário possível através de uma boa classificação na elite, que desse acesso à prova rainha do futebol português, ou através da conquista da Taça Brali.
Rui Pinto, reeleito recentemente, vai cumprir o segundo ano de mandato na presidência do Aliança FC de Gandra, dando continuidade ao trabalho realizado na última temporada, que culminou com a conquista do título de campeão na divisão máxima do futebol distrital portuense e, a subida aos campeonatos nacionais de futebol pela primeira vez em 70 anos de história.
Na semana da Supertaça AF Porto, que o Aliança FC de Gandra vai disputar em Felgueiras frente ao CRP Barrosas, Jorginho, goleador de elite 2015/16, 32 golos no campeonato, 1 golo na Taça Brali. Mário Rocha, o treinador de elite e, Zé Alberto, o capitão de elite que terminou a carreira futebolística à campeão, aceitaram o convite da Voz Desportiva para falar sobre o passado recente vitorioso e, o futuro, a estreia no Campeonato de Portugal Prio, onde vão disputar a Série B.


Vozes de Gandra

Mário Rocha - Treinador do Aliança FC Gandra 

"Conseguimos formar um grupo com jogadores experientes e jovens com muita capacidade, que aos poucos foram cimentando a nossa posição na classificação".

"Este título é 75% dos jogadores. Trabalharam muito, foram incensáveis no trabalho diário e muito humildes na atitude".

"Perdemos à 4ª Jornada em Valadares. Essa derrota, a única no campeonato uniu-nos ainda mais e a partir daí não perdemos mais nenhum jogo".

"Aproveitamos todas as oportunidades para nos distanciar-mos na classificação, o foco era muito grande e, a vontade de vencer todos os jogos era tremenda".

"A direcção do clube é composta por pessoas ambiciosas cuja a única preocupação é dirigir. Cada elemento do Aliança de Gandra sabe cumprir a sua função".

"Quisemos privilegiar os jogadores que ajudaram o clube a subir ao Campeonato de Portugal e, queremos que os atletas que vão reforçar o plantel se adaptem bem".

"Os objectivos para 2016/17 são garantir a manutenção no Campeonato de Portugal Prio e, fazer uma boa prestação na Taça de Portugal".  


Capitão Zé Alberto

"Nestas divisões é onde se pratica o futebol mais puro, foi sem dúvida o ano que mais gostei de jogar".

"O Aliança de Gandra é um clube cumpridor, gerido por pessoas que se preocupam com o bem estar dos jogadores".

"Senti que este era o ano certo para deixar de jogar. Foram muitos anos ligado ao futebol como profissional e, nesta fase da minha vida, depois do que fizemos com este grupo de jovens jogadores e com a experiência de outros, não há nada melhor do que acabar a carreira como campeão".

"Sempre gostei de ajudar os jogadores mais jovens e, transmitir-lhes coisas boas através da minha experiência adquirida no futebol profissional. Sem dúvida que temos miúdos no plantel do Gandra com muito potencial e capacidade de jogar a outro nível. É importante apoia-los e aconselha-los".

"Nos últimos anos o Aliança de Gandra evoluiu a nível de organização e infraestruturas desportivas. Regressar a casa foi muito importante para nós. Era fantástico jogar na nossa casa, perante as nossas gentes apaixonadas pelo clube da terra".

"Na próxima época a realidade competitiva será completamente diferente, mas acredito nas pessoas que estão à frente do Aliança de Gandra e, nas suas decisões".

"Gostava de continuar ligado ao Aliança de Gandra, numa função onde as pessoas que dirigem me vejam como um elemento útil".


Jorginho "O goleador de Elite"

"A união do grupo fez toda a diferença ao longo da época, num clube que num curto espaço de tempo se está a estruturar e a organizar muito bem".

"O Aliança de Gandra é actualmente a grande referência desportiva do Concelho de Paredes".

"Os 33 golos que marquei, 32 no campeonato 1 na Taça Brali, foram acontecendo com o rendimento da equipa. É fácil produzir quando os objectivos são comuns a todos".

"Representei os clubes do concelho de Paredes nos campeonatos nacionais e, gosto muito de os defrontar".

"Gosto muito de jogar os derbys do concelho, estão sempre presentes pessoas que me conhecem e conviveram comigo noutras épocas".

"As minhas expectativas para a nova época são grandes, porque sinto que ainda tenho muito para dar ao futebol. Acredito no grupo que temos e, sei que somos capazes de fazer uma época tranquila e quem sabe ser a sensação do Campeonato de Portugal".

"Gostava de defrontar um grande clube na Taça de Portugal. O Aliança de Gandra merece ter mais visibilidade a nível nacional".

"Apelo aos adeptos e simpatizantes do Aliança FC Gandra para continuarem a apoiar o clube, que é dirigido por pessoas sérias e, preocupam-se não só com o crescimento do clube mas também com o crescimento da Cidade de Gandra".



Rui Cardoso
Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.