I LIGA - DRAGÃO VENCE DERBY DA INVICTA E MANTÉM A DISTÂNCIA SOBRE O LÍDER


Tradição, Orgulho e Honra. O derby da Cidade Invicta entre Boavista FC e FC Porto, que esta noite se disputou no Estádio do Bessa Séc. XXI, não teve a intensidade de outras épocas. Os portistas ficaram perto do golo no primeiro minuto, mas Oliver viu Vágner brilhar. Iuri Medeiros, o craque axadrezado acertou em seguida na figura de Casillas e, na resposta, uma boa jogada colectiva dos dragões garantiu o único tento do encontro. Soares concluiu à boca da baliza a assistência de Corona ao minuto 7.
Até à meia hora, o jogo perdeu interesse, o Boavista pressionou e Casillas negou a festa a Bulos com uma grande defesa. Soares, o homem do jogo, desperdiçou perto da meta duas bolas para ampliar aos 33`e 35`. Iuri Medeiros voltou a tentar de longe e, Brahimi atrapalhou-se ao primeiro poste e não conseguiu finalizar com êxito.
Terminado o primeiro tempo, o segundo não trouxe nada de novo ao jogo. Schembri teve tudo para bater Casillas aos 67`, valeu ao Porto o defesa francês Boly e, aos 75`André André rematou por cima da baliza boavisteira.
Tudo na mesma no topo da I Liga. O FC Porto mantém a perseguição ao líder SL Benfica, e o Boavista FC está próximo de alcançar o primeiro objectivo da época, chegar à casa dos 30 pontos, para tentar fazer a melhor classificação desde que regressou ao primeiro escalão do futebol português.

Homem do Jogo

Soares

Incansável. Não parou durante os 90`, correu o campo todo e voltou a marcar. Leva 5 golos de dragão ao peito e, é notória a alegria e motivação do avançado brasileiro contratado na reabertura do mercado ao Vitória SC.

Outros Destaques do Derby Portuense

Iuri Medeiros

Tecnicamente acima da média, o avançado emprestado pelo Sporting CP provou mais uma vez que é jogador para grandes palcos. Sem medo, encarou Maxi e todos os adversários que se cruzaram na sua zona de acção, e sempre que teve oportunidade tentou incomodar Casillas.

Boly

Alinhou ao lado de Marcano no centro da defesa portista, não comprometeu e mostrou a Nuno Espírito Santo que pode contar com ele.

Vágner

Agarrou a titularidade na baliza do Bessa. É um guarda redes bem conhecido dos adeptos portugueses e foi sem dúvida o grande reforço de inverno para Miguel Leal. Só não conseguiu travar a festa de Soares, de resto esteve como é habitual, eficaz e competente. É um dos melhores na sua posição a actuar em Portugal.

Brahimi

É tudo com ele. A bola circula de pé para pé e, quando o adversário está balanceado sobre a direita do ataque, a bola rapidamente chega à esquerda, onde o médio argelino faz o resto, desequilibrar no um contra um e servir os colegas em zonas de finalização.  

Imprensa

Miguel Leal - Treinador do Boavista FC

"Procuramos neste jogo chegar à casa dos 30 pontos que é o nosso primeiro objectivo, mas não foi o nosso dia".

"Estou satisfeito com o trabalho dos meus jogadores, demos uma boa resposta frente a uma grande equipa".

Vágner - Guarda redes do Boavista FC

"Vim para o Boavista para somar, e quero muito ajudar o nosso clube a atingir as suas pretensões esta época".

"Obrigado às pessoas do Boavista por confiarem em mim e, obrigado aos nossos adeptos pelo apoio em todos os jogos. São muito importantes para nós".

"Saímos deste jogo de cabeça levantada". 

Rui Pedro Silva - Treinador Adjunto do FC Porto

"Vencemos um adversário difícil no seu terreno".

"Cumprimos, conquistamos a vitória que era o nosso principal objectivo".

"Todos os jogadores estão disponíveis para jogar". 

Oliver Torres - Jogador do FC Porto

"A nossa mentalidade é ganhar, não podemos desviar-nos do nosso objectivo".


Ficha de Jogo

Domingo 26 de Fevereiro de 2017

Estádio do Bessa Séc. XXI, Cidade do Porto

Campeonato da I Liga

23ª Jornada

Equipa de Arbitragem

Árbitro Fábio Veríssimo AF Leiria
Assistente 1 Nuno Pereira
Assistente 2 Pedro Felisberto
4º Árbitro Hélder Malheiro AF Lisboa 

Boavista FC 0-1 FC Porto

Golos

Soares 7`

Disciplina

Boavista FC

Cartões Amarelos

Carlos Santos 32`
Talocha 42`
Carraça 58`
Renato Santos 61`
Iuri Medeiros 68`
Lucas 87`
Bukia 78`

FC Porto

Cartões Amarelos

André André 19`
Corona 45+2`
Diogo Jota 48`

Duplo Amarelo

Maxi Pereira 59`e 82` - Cartão Vermelho

Constituição das Equipas

Boavista FC

33 Vágner
20 Edu Machado
3 Lucas
22 Carlos Santos (C)
5 Talocha
17 Carraça
10 Fábio Espinho
27 Anderson Carvalho
7 Renato Santos
19 Bulos
45 Iuri Medeiros

Suplentes

61 Meira
16 Rochinha
23 Henrique - entrou ao intervalo a substituir Carlos Santos
28 Mesquita
30 Schembri - entrou aos 58`a substituir Fábio Espinho
94 Philipe
95 Bukia - entrou aos 76`a substituir Renato Santos

Treinador

Miguel Leal

FC Porto

1 Iker Casillas
2 Maxi Pereira
4 Boly
5 Marcano (C)
13 Alex Telles
22 Danilo
20 André André
30 Oliver Torres
17 Corona
29 Soares
8 Brahimi

Suplentes

12 José Sá
6 Rúben Neves
10 André Silva
18 João Carlos Teixeira
19 Diogo Jota - entrou ao intervalo a substituir Corona
21 Miguel Layún - entrou aos 84`a substituir André André
25 Octávio - entrou aos 71`a substituir Brahimi

Treinador

Nuno Espírito Santo



Rui Cardoso

Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.

0 comentários: