MINISTÉRIO PÚBLICO ACUSA FORMALMENTE ASSALTANTES A POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

   O Ministério Público avançou com as acusações a três homens,por assaltos a postos de combustíveis no Seixal e Sesimbra,quando o cabecilha estava prestes a ser libertado da prisão.

   O grupo realizou pelo menos nove assaltos a postos de combustiveis nos concelhos do Seixal e Sesimbra durante 2017,encabeçado por um homem de 23 anos,com recurso a armas de fogo e a uma faca de grandes dimensões,utilizada pelo cabecilha.

   Durante os assaltos,ameaçavam sempre os funcionários,e chegaram a agredir dois deles,um no Fogueteiro e outro em Fernão Ferro,com um murro no rosto e com a gaveta da caixa registadora,fugindo depois com dinheiro,tabaco e bebidas,num total de cerca de 17 mil euros.

   Além dos três assaltantes agora acusados pelo Ministério Público,a Polícia Judiciária tem informações de que o gang era composto por mais cinco homens,um deles ainda não foi localizado e os outros quatro ainda não foram acusados,por não terem sido cabalmente identificados.

IN: Diário do Distrito


Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.

0 comentários: